Portal Mídia 10

Onde tudo acontece!

Facebook

Por Elayne Diniz em 2 de maio de 2013

Bete Nascimento Ex – Vocalista do Mastruz com Leite

Cantora e compositora

O Portal Mídia 10 entrevistou uma das maiores cantoras no segmento Forró. Bete Nascimento bateu um papo com a gente, falou um pouco sobre seus inícios e projetos atuais.

Acompanhe a entrevista

6

Elayne Diniz entrevista Bete Nascimento

PM10 – Como foi o seu início e como você chegou à música?

BN – Primeiramente prazer em estar aqui dando essa entrevista e vou contar um pouco da minha história. Eu comecei com cinco anos de idade, cantando com a família em casa e as coisas foram aflorando. A minha primeira oportunidade profissional mesmo apareceu em 1994 quando eu participei de um show de calouros na TV e Emanoel Gurgel viu e me chamou pra cantar na Banda Aquários. Esta foi à primeira banda que ele fez e posteriormente me chamou para o Mastruz com Leite, foi meio que uma escadinha.

PM10 – Falando em Mastruz com Leite, quanto tempo você passou na banda?

BN – Mastruz com Leite foi minha verdadeira escola, aprendi tudo o que sou e passei 15 anos lá.

PM10 – Por que a saída do Mastruz com Leite?

BN – A minha saída do Mastruz não foi para fazer carreira solo. Na realidade eu estava muito cansada de viajar, 15 anos você se dando para uma banda em todos os sentidos, pois eu vivia o Mastruz. Eu não tinha lazer, não tinha uma vida pessoal programada, não podia entrar em uma academia, não podia fazer um curso, não podia terminar minha faculdade, não podia fazer nada, minha vida era o Mastruz.

Foram muitos anos de dedicação a uma banda, eu estava envelhecendo e não estava tendo a realização pessoal. Eu não sabia o que era um dia das mães, um natal, ano novo, eu não sabia o que era o meu aniversário, então isso com o tempo quando a gente vai ficando mais velha, os valores vão mudando e ficou ainda mais importante pra mim, fora a vontade de ter filho, essa foi fundamental.

PM10 – Sua carreira solo aconteceu logo que saiu do Mastruz?

BN – Minha carreira solo foi um acidente, pois eu iria passar um bom tempo sem cantar, mais aí pra não ficar parada fiz um CD acústico, e acredito que de Deus colocou a mão mesmo e apareceu uma gravadora, a DN Music, que veio atrás de mim e sabia que eu ia fazer esse projeto. Em seguida fui fazer programa de televisão pra divulgar esse CD e um empresário me chamou pra vender o meu São João na Bahia, foi aí que nasceu a Bete Nascimento e Banda.

PM10 – Como está sendo a experiência de cantar solo?

BN – Então, tudo começou em 2010, os fãs começaram a falar que gostaram muito do CD acústico mais que queriam que voltasse a cantar o forró. Em 2011 eu engravidei, tive minha filha e passei o ano parada. Só em 2012 voltei, mas ao mesmo tempo não voltei, rsrs, pois ela ainda era muito pequena e eu não queria me ausentar.

Não foi isso que sonhei pra mim, eu sempre dizia que queria ter filho pra eu criar e não deixar na mão dos outros e graças a Deus estou fazendo. Agora que ela já vai fazer dois anos, já está bem encaminhada e como minha mãe sempre fica com ela, estou voltando e vou botar o pé na estrada e levar tudo a sério.

PM10 – Nesse tempo que estais em carreira solo, já são quantos CDs gravados?

BN – Gravei três CDs ao vivo, fora o primeiro que foi acústico, foi o que saiu pela gravadora, somando são quatro CDs. Este último, gravei para o período junino com músicas de forro das antigas, forrós mais tradicionais, baião pra galera conhecer como era o forró antigamente, mas vai vim muita novidade, rsrsrsrs.

PM10 – Tem muita diferença, você ser de uma banda e hoje está com seu projeto solo?

BN – A diferença é a quantidade de shows, e que posso ficar mais em casa. Não preciso fazer uma quantidade grande e nem ficar o tempo todo viajando.

PM10 – Quais suas expectativas para o São João?

BN – Grande parte do meu São João acontecerá na Bahia, lá eu já tenho meu nome, um trabalho muito bem feito. Mas, talvez surjam algumas datas antes do São João, em maio ainda pela região, no Rio Grande do Norte, talvez até na própria vogue, estamos negociando a minha volta.

PM10 – Tem planos pra gravar DVD?

BN- Já temos um clip em planejamento e até o final do ano vou gravar o DVD. Não é fácil porque eu não tenho patrocinador, não tenho investidor, não tenho uma produtora. Sou eu e Deus e o meu esposo que é meu produtor, meu maestro, toca comigo, viaja comigo. Ele tem as ideias comigo, articula tudo e Deus é meu maior empresário.

PM10 – Como está sendo a receptividade do público com você solo e qual a importância dos fãs em sua carreira?

BN – Meus fãs por incrível que pareça, são meus maiores divulgadores e graças a eles é que eu continuei cantando, porque depois que eu tive filho, tive vontade de parar de cantar, não queria mais voltar aos palcos e os fãs através das redes sociais ficaram me cutucando e então tive vontade de voltar, fazer esse projeto e ir em frente. Vocês ainda vão ouvir muito falar em Bete Nascimento.

PM10 – Como você enxerga o mercado nos dias atuais?

BN – Eu acredito que o forró das antigas está voltando com tudo, principalmente com a volta do Emanuel Gurgel a SomZoo que agora ele está colocando o forró das antigas bem forte lá em Fortaleza e você sabe que o que acontece em Fortaleza, acontece no resto do nordeste né?

PM10 – Pra encerrar, deixe um recadinho para seus fãs.

BN – Quero agradecer a todos, a você Elayne pelo apoio. Quero dizer que continuem me seguindo nas redes sociais, facebook, twitter, instagran, tenho também o site mais esta em reforma e tenho o blog que eu mesma escrevo e atualizo.

Vai lá, me acompanha e baixe o meu CD também que tem o link em todos os lugares.

Face: Bete Nascimento

Twitter: betenascimento1

Instagran: betenascimento

www.betenascimento.com.br

www.betenascimento.blogspot.com.br


Copyright 2013-2017 © - Portal Mídia 10 - Todos os direitos reservados.